Ano X - 2007/2016 - 10 ANOS NO AR - BLOG DO IVSON - "A IGREJA CATÓLICA EM NOTÍCIAS" - EDITADO POR IVSON DE MORAES ALEXANDRE - VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO - BRASIL
Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 6 de julho de 2013

Santo Padre: Cardeal Van Thuân, testemunha da esperança e ministro da misericórdia de Deus


Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco recebeu neste sábado, na Sala Clementina, no Vaticano, cerca de 400 participantes da sessão de encerramento da fase diocesana do Processo de Beatificação do Servo de Deus o cardeal vietnamita François-Xavier Nguyên Van Thuân, morto em 16 de setembro de 2002. 

Minutos antes, o Presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, Cardeal Peter Turkson, saudou o pontífice em nome dos presentes.

Em 1975, poucos meses após ter sido nomeado arcebispo, o Cardeal Van Thuân foi detido, permanecendo na prisão durante 13 anos, 9 dos quais em isolamento, por causa de sua fé.

"Queridos amigos, a sua alegria é a minha alegria! Demos graças a Deus! Agradeço a todos aqueles que estão engajados neste serviço, que é para a glória de Deus e seu Reino: ao postulador da causa, Dr. Waldery Hilgeman e seus colaboradores, ao Tribunal Diocesano, o Departamento competente do Vicariato, a Comissão Histórica, e o Pontifício Conselho da Justiça e da Paz, onde a recordação do Cardeal Van Thuân, testemunha da esperança, ainda está viva e é mais do que uma lembrança, é uma presença espiritual que continua trazendo sua bênção", ressaltou o Santo Padre.

O Papa frisou que "na verdade, existem muitas pessoas que podem testemunhar que foram edificadas pelo encontro com o Servo de Deus Cardeal Van Thuân, em diferentes momentos de sua vida. A experiência mostra que sua fama de santidade se difundiu através do testemunho de muitas pessoas que o conheceram e conservaram no coração o seu sorriso suave e a grandeza de sua alma", disse ainda o pontífice.

"Muitos o conheceram através de seus escritos, simples, mas profundos, mostrando o seu ânimo sacerdotal, estritamente unido Àquele que o havia chamado para ser ministro de sua misericórdia e amor", disse ainda Francisco. 

"Muitas pessoas escreveram contando as graças recebidas por intercessão do Servo de Deus Cardeal Van Thuan. Demos graças ao Senhor por este venerável irmão, filho do Oriente, que concluiu sua vida terrena a serviço do Sucessor de São Pedro", destacou o pontífice. 

O Santo Padre confiou à intercessão da Virgem Maria o prosseguimento desta causa, bem como todas as outras que atualmente estão em andamento. "Que Maria nos ajude a viver cada vez mais em nossa vida a beleza e a alegria da comunhão com Cristo", concluiu Francisco que concedeu a todos sua bênção apostólica. (MJ)

Texto proveniente da página
do site da Rádio Vaticano 

Nenhum comentário: