Ano X - 2007/2016 - 10 ANOS NO AR - BLOG DO IVSON - "A IGREJA CATÓLICA EM NOTÍCIAS" - EDITADO POR IVSON DE MORAES ALEXANDRE - VOLTA REDONDA - RIO DE JANEIRO - BRASIL
Seja bem-vindo. Hoje é

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Papa: "Sede jovens na Igreja. Sede jovens com a Igreja."

Cidade do Vaticano (RV) – RealAudioMP3 Uma pequena demonstração do que acontece quando o Papa e os jovens se encontram tivemos no último sábado no Líbano. De fato, uma pequena Jornada Mundial da Juventude com os jovens do Oriente Médio foi vivida de forma entusiasta com a presença de mais de 25 mil jovens. Os jovens como sempre, demonstraram a sua alegria em poder receber o sucessor de Pedro, de se encontrar com ele, e de lhe transmitir o seu pensamento.

O encontro se realizou em forma de Celebração da Palavra. Teve início com a saudação do Patriarca de Antioquia dos Maronitas, Béchara Boutros Rai, e do Arcebispo de Saida dos Greco-melquitas, Dom Elie Haddad, que garantiu a presença de um grupo de jovens do Oriente Médio na Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, no próximo ano.

Dois jovens católicos dirigiram-se ao Papa, em nome dos presentes, e afirmaram que “hoje mais do que nunca” é necessária uma “presença ativa da Igreja num Médio Oriente que se curva sob o peso do ódio, do medo, do desespero e do sofrimento”. “Nós, jovens do Oriente Médio, estamos hoje mergulhados em um mar de dificuldades, de apreensões e de temores”, disseram a Bento XVI. Em resposta, Bento XVI destacou o exemplo do Líbano como “terra de acolhimento, de convivência, com esta capacidade incrível de adaptação”.

Os jovens falaram de conflitos, de ódio, de sofrimento, de desemprego, de falta de perspectivas, de emigração. Diante da realidade, o anseio: “Aspiramos à paz e sonhamos com um futuro sem guerras, continuaram; um futuro onde desempenharemos um papel ativo, onde trabalharemos com nossos irmãos, jovens de diferentes religiões, construindo a civilização do amor, edificando pátrias onde os direitos do homem e sua liberdade são respeitados, onde sua dignidade é protegida.”

Nós, jovens da Igreja de hoje, queremos ser um sinal de esperança para toda a região, e testemunhar o amor de Deus, que é mais forte que a morte. Ao Papa, eles garantiram sua fé e sua confiança na Igreja, que são grandes apesar dos desafios e das crises.

No seu discurso Bento XVI aludiu às dificuldades sentidas pelas novas gerações “por causa da falta de estabilidade e segurança, da dificuldade em encontrar emprego ou ainda do sentimento de solidão e marginalização”.

O Papa deixou uma palavra particular aos participantes muçulmanos, agradecendo a sua presença: “Sois, juntamente com os jovens cristãos, o futuro deste país maravilhoso e de todo o Médio Oriente. Procurai construi-lo juntos”.

Segundo Bento XVI, a região tem de compreender que “os muçulmanos e os cristãos, o Islã e o Cristianismo, podem viver juntos, sem ódio e no respeito das crenças de cada um, para construírem juntos uma sociedade livre e humana”.

Bento XVI alertou ainda para o “refúgio em mundos paralelos, como por exemplo o mundo das drogas de todo o tipo ou o mundo triste da pornografia”, a superficialidade, o consumismo fácil ou o dinheiro. “Quanto às redes sociais, são interessantes mas podem, com facilidade, levar-vos à dependência e à confusão entre o real e o virtual. Procurai e vivei relações ricas de amizade verdadeira e nobre”, disse ainda.

O Papa desafiou a nova geração de católicos a “acolher o outro sem reservas, mesmo que pertença a cultura, religião, nação diferentes”. “Sede os mensageiros do Evangelho da vida e dos valores da vida; resisti corajosamente a tudo o que a nega: o aborto, a violência, a rejeição e o desprezo do outro, a injustiça, a guerra. Deste modo, propagareis a paz ao vosso redor”, concluiu

Bento XVI garantiu que os jovens ocupam um lugar privilegiado no seu coração e na Igreja inteira, porque a Igreja é sempre jovem. "Sede jovens na Igreja. Sede jovens com a Igreja."

Citou as palavras de João Paulo II: "Não tenhais medo! Abri as portas de vossas almas e de vossos corações a Cristo". Nele, encontrarão a força e a coragem para avançar nos caminhos da sua vida, superando as dificuldades e o sofrimento. (SP)

Nenhum comentário: